Ferramentas de Utilizador

Ferramentas de Site


Barra Lateral

Traduções para esta página?:
 


Servidor Debian 9 'Stretch'



pt:stretch:config:network:static_ip

2.1.2 Endereço IP estático

A instalação por omissão do Debian configura a rede para obter um endereço dinâmico via DHCP. No entanto, para que o sistema seja configurado como um servidor, este deve ter um endereço IP estático.

O objetivo é configurar a interface de rede eno1 com o endereço IP estático 192.168.1.100. Ao mesmo tempo será indicado o endereço do dispositivo acesso à Internet, ou “gateway” (192.168.1.1). Numa configuração caseira, este será o endereço estático do router ADSL ou Cabo.

Nota O nome das interfaces de rede variam em função do tipo de adaptador instalado. Este guia refere a primeira interface de rede como eno1. No entanto, o nome deve ser substituído pela designação real da sua interface de rede.
Para mais informações consultar:

Configuração

Antes de alterar a configuração, devemos verificar a configuração atual:

root@server:~# ip -4 address
1: lo: <LOOPBACK,UP,LOWER_UP> mtu 65536 qdisc noqueue state UNKNOWN group default qlen 1
    inet 127.0.0.1/8 scope host lo
       valid_lft forever preferred_lft forever
2: eno1: <BROADCAST,MULTICAST,UP,LOWER_UP> mtu 1500 qdisc pfifo_fast state UP group default qlen 1000
    inet 192.168.1.123/24 brd 192.168.1.255 scope global eno1
       valid_lft forever preferred_lft forever

Podemos verificar que a interface de rede tem a designação de eno1 e o endereço atribuído de forma dinâmica é o 192.168.1.123.

A configuração das interfaces de rede é guardada no ficheiro /etc/network/interfaces:

# This file describes the network interfaces available on your system
# and how to activate them. For more information, see interfaces(5).

# The loopback network interface
auto lo
iface lo inet loopback

# The primary network interface
# allow-hotplug eno1
# iface eno1 inet dhcp

# Static IP address
auto eno1
iface eno1 inet static
        address 192.168.1.100
        netmask 255.255.255.0
        network 192.168.1.0
        broadcast 192.168.1.255
        gateway 192.168.1.1

É necessário também indicar qual o endereço do servidor DNS. Nesta configuração, o servidor DNS funciona no modem/router ADSL ou cabo, pelo que o parâmetro nameserver deve ter o valor 192.168.1.1, no ficheiro /etc/resolv.conf:

domain home.lan
search home.lan
nameserver 192.168.1.1

Reiniciar a interface de rede para ativar a nova configuração.

root@server:~# ifup eno1

Em alguns casos poderá ter que reiniciar o sistema para que a configuração de rede tenha efeito:

root@server:~# reboot

Verificação

O comando ifconfig fornece informação detalhada sobre a configuração das interfaces de rede. A configuração da interface eno1 deve exibir agora os parâmetros previamente definidos:

root@server:~# ip -4 a
1: lo: <LOOPBACK,UP,LOWER_UP> mtu 65536 qdisc noqueue state UNKNOWN group default qlen 1
    inet 127.0.0.1/8 scope host lo
       valid_lft forever preferred_lft forever
2: eno1: <BROADCAST,MULTICAST,UP,LOWER_UP> mtu 1500 qdisc pfifo_fast state UP group default qlen 1000
    inet 192.168.1.100/24 brd 192.168.1.255 scope global eno1
       valid_lft forever preferred_lft forever

Deverá ser também possível contactar servidores Internet:

root@server:~# ping -c3 www.debian.org
PING www.debian.org (5.153.231.4) 56(84) bytes of data.
64 bytes from senfter.debian.org (5.153.231.4): icmp_seq=1 ttl=63 time=56.3 ms
64 bytes from senfter.debian.org (5.153.231.4): icmp_seq=2 ttl=63 time=57.3 ms
64 bytes from senfter.debian.org (5.153.231.4): icmp_seq=3 ttl=63 time=57.2 ms

--- www.debian.org ping statistics ---
3 packets transmitted, 3 received, 0% packet loss, time 2007ms
rtt min/avg/max/mdev = 56.330/56.995/57.380/0.472 ms

Referências

pt/stretch/config/network/static_ip.txt · Esta página foi modificada pela última vez em: 2017-07-10 11:37 (Edição externa)